1.png
IPAM BLOG

18/06/2020

Impacto da final da Champions na economia deve ser menor que em 2014


Daniel Sá, diretor executivo do IPAM, considera que provavelmente "acabou de nos sair a campanha mais barata e eficaz para mostrar ao mundo que há confiança em vir para Portugal". Considera que “O impacto é poderosíssimo porque começamos a rentabilizar hoje a decisão do ponto de vista da confiança. Valiosíssimo num país no qual o Turismo vale 6% do PIB nacional“

blog_champions_daniel-sa

O mesmo responsável defende «Se Portugal comprasse e construísse uma campanha para chegar a 800 milhões de espetadores ia ser um problema para as Finanças portuguesas pois alargaria o défice. Com uma diferença, com um anúncio seriamos nós próprios a dizer “somos seguros e venham”. Neste caso é um evento por nós que faz isto.» 

A final da Champions, há seis anos, rendeu a Lisboa mais de 50 milhões de euros. Desta vez o impacto imediato na economia deve ser menor, até porque a presença de público é ainda uma incógnita.

Mas uma coisa é certa: os sete jogos vão funcionar como uma importante campanha publicitária para revitalizar o turismo nacional.

Resumo do artigo da Sic Noticias online. O artigo completo encontra-se disponível para leitura aqui

Daniel Sá
Diretor Executivo do IPAM

 

VOLTAR <<


AGENDA

Conheça os próximos eventos do IPAM. 

LISBOA  PORTO