MVP Day

Inspirado pelo mistério, adrenalina e suspense que há nos jogos de resolução de enigmas, a Breakout Escape Games, chega ao MVP Day pelas mãos de Armando Fernandes, para mostrar que uma ideia de negócio vencedora pode estar onde menos se espera. 
  • Início
  • Notícias
  • MVP Day
MVP Day
10 maio 2017
Inspirado pelo mistério, adrenalina e suspense que há nos jogos de resolução de enigmas, a Breakout Escape Games, chega ao MVP Day pelas mãos de Armando Fernandes, para mostrar que uma ideia de negócio vencedora pode estar onde menos se espera. 

Minimum Viable Product, ou apenas, MVP, é o menor produto possível de colocar no mercado para validar os pressupostos de uma ideia de negócio e aprender rapidamente com o feedback do público.

A iniciativa desenvolvida pela BASE, organização criada por alunos do IPAM - Instituto Português de Marketing, que trabalha diretamente com empresas que procuram soluções de marketing, e, pela SOLO, empresa que usa a tecnologia para transformar ideias de negócio em projetos viáveis, pretende envolver a comunidade empreendedora em torno de um conceito, o modelo MVP.

Diogo Vasconcelos, coordenador da BASE, explica que este modelo é útil para quem quer lançar um negócio, pois “permite aos empreendedores testarem as suas ideias de negócio no mercado e perceberem se vai de encontro ao que o público deseja”.

O concurso aberto ao público decorreu no IPAM e foi organizado em duas fases diferentes. No MVP Day a comunidade, em geral, foi convidada a assistir à apresentação do concurso e a um workshop sobre MVP’s. Depois deste primeiro momento, os participantes puderam submeter as suas ideias de negócio. Das 53 ideias  submetidas foram escolhidas 10 para serem apresentadas presencialmente num pitch de 20 minutos, o Pitch Day.

Os elementos do júri, composto por Ricardo Lobo e Ighor Martins da SOLO, Tiago Neves da WorkForce, Pedro Aguiar da AH Business, Carlos Alba, investidor de risco, e Diogo Vasconcelos, coordenador da BASE, tiveram a missão de escolher as melhores ideias de negócio, entre as 10.

A Breakout Escape Games foi uma das 3 ideias vencedoras. Um jogo onde o principal objetivo é transportar para um cenário real, os jogos virtuais. Armando Fernandes, explica que o jogo realiza-se numa sala “live escape game” onde existem várias secções interligadas que criam um cenário dinâmico com efeitos sonoros, luminosos e interativos. Destinado a grupos de 2 a 12 pessoas, a partir dos 16 anos, o jogo “traduz-se numa aventura repleta de suspense, mistério e ação, que tem de ser vivida em equipa e que obriga que os jogadores desvendem segredos, investiguem pistas, resolvam enigmas e descubram passagens para… a fuga!”.Tiago Neves, CEO da WorkForce, explica que as ideias de negócio foram avaliadas num conjunto de características, como a adequação do negócio ao conceito MVP, a qualidade e a capacidade da equipa em levar a ideia para o mercado, a qualidade do Pitch, bem como a viabilidade do negócio. A par destes critérios, Tiago Neves salienta que o fator de diferenciação das ideias de negócio vencedoras foi “a humildade em aprender a melhorar o produto ou serviço e a simplicidade na explicação”. Para Ighor Martins, da empresa SOLO, uma ideia de negócio vencedora tem que, acima de tudo, resolver um problema.

Nesta perspetiva, surge a Mulher XL, ideia vencedora de Leilane Ferreira e Cláudia Silva, que pretende colmatar a dificuldade do público feminino em encontrar roupa acima do tamanho 40. Inspiradas pela própria dificuldade pessoal em encontrar roupas de certos tamanhos, as vencedoras tornaram as suas dificuldades numa oportunidade.

O projeto Mulher XL é um blogue que funcionará também como uma loja online. Leilane Ferreira explica que “o blogue será utilizado para chamar a atenção das leitoras e redirecioná-las para a loja. O objetivo é publicar looks e, no final, redirecionar as clientes para a loja onde podem comprar a roupa que foi apresentada no look”. Destinado a mulheres plus size, de qualquer idade, pretendem dar a possibilidade às clientes de verem várias roupas, vários estilos, marcas, preços, num só local e poder encomendar de forma fácil e prática, recebendo tudo em casa numa só encomenda.

Com a intenção de também colmatarem uma falha no mercado, Fernando Belezas e Joana Martins, apresentaram a Plataforma de Financiamento Coletivo. Outra ideia vencedora, que tem como objetivo desenvolver a primeira plataforma portuguesa de empréstimos para particulares e empresas.

Fernando Belezas explica que ideia surgiu na sequência da realização da tese de mestrado em Direito e Gestão. “Ao longo da investigação, verificamos que o mercado português de empréstimos colaborativos era reduzido e foi essa a principal causa para avançarmos com este projeto, que esperemos que se torne numa empresa de referência no financiamento das famílias e empresas portuguesas”.

As três ideias vencedoras, Breakout Escape Games, Mulher XL e a Plataforma de Financiamento Coletivo vão contar com o apoio da empresa SOLO para definirem os seus MVP’s, que irão ser implementados no mercado, bem como toda a ajuda na componente tecnológica. Na parte do marketing, irão contar com a WorkForce, agência de marketing que trabalha de forma aumentar a notoriedade das marcas junto do público.Ricardo Mena, Diretor do Mestrado em Gestão de Marketing no IPAM, explica que este tipo de concursos são importantes para quem quer lançar um negócio, pois é possível aprender com as sugestões de melhoria de pessoas mais experientes, salientando que, uma ideia de negócio diferenciadora tem de “ser única, ter valor para o mercado de forma sustentada e, acima de tudo, ser o resultado e o foco de um líder apaixonado e uma equipa comprometida”.

Com o cunho dos alunos do IPAM, o MVP Day pretende ser um concurso de referência no lançamento de novas ideias de negócio. 

Rita Macedo

Share
Whatsapp
Contacta-nos

IPAM Lisboa: Estr. da Correia 53. 1500-210 Lisboa

+351 210 309 930

IPAM Porto: Rua Manuel Pinto de Azevedo, 748. 4100-320 Porto

+351 229 398 089

© 2023 IPAM. Todos os direitos reservados