Porque é que a falta de Empatia mata mais que o vírus?

É urgente termos consciência que o inimigo não é o vírus, mas o outro
  • Início
  • Blog
  • Porque é que a falta de Empatia mata mais que o vírus?
Porque é que a falta de Empatia mata mais que o vírus?
19 maio 2020
É urgente termos consciência que o inimigo não é o vírus, mas o outro

É urgente termos consciência que o inimigo não é o vírus, mas o outro.

empatia

Estar em isolamento social e/ou quarentena não significa necessariamente estar em silêncio, confesso que, ocasionalmente, em segredo, por vezes desejo que a cura para muitas patologias que assolam a humanidade (inclusive a covid-19) fosse o silêncio. Já pensaram? E se fosse? Será que as pessoas conseguiriam? E se alertássemos “Sabem que a cura da COVID-19 é ficar isolado em silencio 24h sem se mexer, e em jejum?!”

Apesar de não ser a cura, os benefícios comprovados do silêncio são já imensos. Podem encontrar dados aquiaqui e ainda mais aqui!

Este é o momento de abraçar o poder do silêncio, quer com práticas meditativas, quer com consciência e atenção plena ao impacto das nossas palavras na sociedade. Nas redes sociais. Nos outros humanos com quem partilhamos este planeta.

Lembremo-nos que o pior de todos os vírus é a falta de empatia. As lesões desse pior de todos os vírus são a eterna a dor de palavras ditas, que jamais poderão ser apagadas. Cuidemos do bem mais precioso de todos: a mente.

Resumo do artigo escrito pelos Professores Patrícia Araújo. O artigo completo encontra-se disponível para leitura aqui.

Patrícia Araújo
IPAM Porto

Share
Whatsapp
Contacta-nos

IPAM Lisboa: Estr. da Correia 53. 1500-210 Lisboa

+351 210 309 930

IPAM Porto: Rua Manuel Pinto de Azevedo, 748. 4100-320 Porto

+351 229 398 089

© 2023 IPAM. Todos os direitos reservados